fbpx

Implantes livres de Metal

Os implantes de Zircônia.

 

Já consagrado na Europa, o produto é fabricado pela alemã Z-Systems e pela suíça Straumann e tem seu berço entre o sul da Alemanha e o norte da Suíça, região considerada o ‘Vale da Cerâmica’.

O principal benefício da zircônia é ser um material cerâmico livre de metais e, portanto, não provocar reações alérgicas no organismo e menos interferência do campo neural. Além disso, apresenta como diferenciais maior biocompatibilidade que os materiais usados até hoje e a cor branca, que favorece a estética e imita o natural.

A novidade também favorece a redução no tempo de procedimento, uma vez que apresenta menos peças para encaixe. A aplicação do novo modelo leva apenas 45 minutos, incluindo assepsia, anestesia e acomodação do paciente.

Cerca de 10% da população adulta sofre com a alergia à metais. O níquel é um metal que pode causar dermatite de contato e inflamar a área corporal que se encontra. Existe uma tendência genética para essa alergia.

Em casos odontológicos, os sinais de alergia podem vir ao redor de restaurações dentárias e coroas. Apesar de raras, elas acabam aparecendo em alguns casos.

Os tratamentos que apresentam mais sintomas de alergia são as coroas metais, os implantes, as restaurações prateadas e as coroas metalocerâmicas.

Como segunda opção ao uso de metais nesses tratamentos, existe a zircônia dental. Ela é um material branco e apresenta praticamente as mesmas funções dos metais.

Ela é bastante resistente e é modelada por processos computadorizados (CAD CAM – ele modela as peças em 3D com precisão).

Como tem uma grande biocompatibilidade, a zircônia acaba sendo bastante usada em casos onde o paciente apresenta alergia a metais. Além disso, os implantes de zircônia levam a uma menor possibilidade de escurecimento da gengiva, já que não há exposição metálica.

As suas propriedades físicas incluem alta resistência à deflexão, com força de 900 a 1200 Mpa. Sua dureza chega a 1200 HV.

Portanto, se você suspeita que tem alguma alergia a metais e tem algum tipo de implante com esse material, consulte o dentista. Se o caso for confirmado, pode ser necessária a remoção desses metais e a substituição por outros materiais, como a zircônia.

 

Quais os sintomas de alergias a implantes de metal?

A reação alérgica acontece quando o corpo ataca estruturas que são supostamente estranhas ao organismo. O sistema imunológico pode acabar destruindo tecidos saudáveis do corpo. Por isso é importante a detecção o quanto mais rápido dessa alergia.

O processo de combate aos elementos considerados estranhos pode gerar uma reação em série de sintomas. Eles podem incluir dermatite, incapacidade de cicatrização, erupção cutânea, dor generalizada, inchaço, etc.

Um outro sintoma que as pessoas quase nunca relacionam à alergia de metais é a fadiga crônica. Ela consiste em um cansaço que nunca acaba, mesmo você descansando o suficiente. Podem apresentar dor muscular mesmo depois de meses da aplicação do implante.

 

Como prevenir?

Existe um teste que pode ser feito antes de fazer qualquer implante que pode revelar se a alergia existe ou não.

Se você já recebeu um implante dentário e desenvolver uma erupção ou outros sintomas graves ao longo de meses, consulte um dentista biológico o mais rápido possível. Assim você evita prejuízos à saúde bucal e garante que a substituição dos implantes seja feita rapidamente.

Comentários

WhatsApp chat