fbpx

Terapia Neural | Odontologia Neurofacial

Trata-se de abordagem diagnóstica e terapêutica que provê a homeostase do sistema nervoso autônomo com procedimentos próprios em sítios dolorosos.


A Odontologia Neurofocal na odontológica é bem desenvolvida em diversos países, que é um elo integrador entre a Terapia Neural e a Medicina Integrativa, se ocupa de estudar, diagnosticar e tratar estes campos de interferência dentários e que produzem estímulos irritativos no sistema nervoso autônomo e realimentam processos dolorosos e/ou outros efeitos fisiopatológicos em outras partes do corpo.

A terapia Neural teve início com os médicos alemães Ferdinand e Walter Huneke. Propuseram como uma “terapia de regulação”, holística, com visão integrativa. Embasada em outras percepções do corpo humano, tais como a visão segmentar e zonas reflexas de Head, Klieber, Kolraush e mais recentemente sistematizado por Peter e Mathias Dosch, a Terapia Neural tem sua maior expressão em território alemão. Observa-se ainda núcleos de prática e estudos avançados na Espanha, Argentina e Colômbia e nos EUA. No Brasil ainda são poucos os seus praticantes, mas devido os resultados obtidos com dores ditas “intratáveis” ou de pouca resposta terapêutica, tenderá a se disseminar de forma rápida.

Comentários

WhatsApp chat